Como deixar sua casa aconchegante com plantas

Ter plantas em casa traz charme e tranquilidade aos ambientes e muitos outros benefícios para a qualidade de vida. Contudo,…

Ter plantas em casa traz charme e tranquilidade aos ambientes e muitos outros benefícios para a qualidade de vida. Contudo, nem todas as pessoas, principalmente as que moram em apartamentos, têm espaço para cultivar as mais variadas espécies.

Mas calma, pensando nisso, existem algumas maneiras de cultivar plantas dentro de casa, desde que você escolha a espécie adequada.

Para isso, é necessário levar em conta alguns fatores, como o tempo que você tem disponível para se dedicar a elas e o tipo de espaço em que vive. Então, é sobre isso que vamos falar neste artigo!

Conheça os benefícios das plantas

Ter plantas em casa significa também trazer para o seu lar uma série de benefícios que melhoram a qualidade de vida. Dentre eles é possível citar:

  • Melhora a qualidade do ar;
  • Ambiente mais aconchegante;
  • Decoração mais bonita;
  • Sensação de bem-estar.

As plantas absorvem a poluição do ambiente, como monóxido de carbono e metanol. Enquanto sorvem a água da terra, esse líquido é evaporado, o que torna o ar mais úmido. Em períodos de clima seco, essa ação evita doenças respiratórias e alergias.

Sua casa se torna mais confortável e aconchegante, então, independentemente do tipo de mobília que você use, como mesa de inox, ou então itens de madeira, o contraste deixa o espaço com aspecto mais calmo e convidativo.

Aliás, a decoração é muito beneficiada, visto que misturar plantas floridas com folhagens deixa a sua casa mais estilosa. Basta saber variar e escolher vasos que combinem com seu tipo de decoração.

Ter plantas em casa significa também trazer a natureza para o seu lar, e isso é importante até mesmo para reduzir o estresse e aumentar a sensação de bem-estar. É uma forma que a natureza tem de nos recompensar diariamente.

Dicas para ter plantas em casa

Existem vários tipos de plantas e, com certeza, você vai encontrar algum que combine com o seu lar. É possível aplicá-las em espaços com solo grampeado, com baixa incidência de luz, locais secos, dentre outras localidades.

Agora, veja algumas dicas importantes:

Ambientes com pouca ventilação

Uma espécie ideal para ambientes com pouca ventilação, como corredores, por exemplo, é o clorofito. É uma planta herbácea e pequena, proveniente da África do Sul, mas que é muito comum no Brasil.

Aqui ela é conhecida como paulistinha ou gravatinha, é bastante resistente a lugares com pouca ventilação e pouca luz.

Outra linda espécie que se destaca é a calatheas, e podemos encontrar 25 tipos. São oriundas da América e perfeitas para ornamentar ambientes internos. Portanto, uma das espécies mais bonitas para sua decoração.

Contudo, nada impede que você a utilize em ambientes externos, para combinar com, por exemplo, o seu jardim vertical.

Ambiente seco

Uma boa opção para esse tipo de ambiente é a agastache, que inclusive pode ser plantada em solo seco, além de não precisar de muitas regas.

Mede cerca de 1,20 cm, bem como pode ter flores com diversas tonalidades. Essa espécie é a preferida de aves como o beija-flor.

Ambiente úmido

Se você deseja reduzir o excesso de umidade em casa e ainda garantir uma boa aromatização para os ambientes, uma boa opção é o lírio da paz.

Essa espécie é atraente devido à beleza de sua flor e o brilho de suas folhas, podendo, inclusive, ser usada em ambientes internos ou externos.

Ela absorve a umidade do ar porque precisa disso para crescer, sendo perfeita para quem não passa muito tempo em casa.

Conclusão

A qualidade de vida trazida pelas plantas em casa é inquestionável, por isso, mais e mais pessoas estão em busca de cultivá-las no lar. Só que é importante inseri-las aos poucos, principalmente se você ainda não tem esse hábito.

Comprar muitos vasos de uma vez, baseando-se apenas na aparência das plantinhas pode ser frustrante, principalmente para quem não tem muito tempo para cuidar delas.

Pense nas características da sua residência em relação à iluminação, ventilação e espaço, bem como não deixe de considerar o seu dia a dia. É assim que você escolhe as espécies mais adequadas.

Para cuidar das plantinhas, regue-as de acordo com as necessidades. Se você optou por uma espécie que precisa de mais água, não se esqueça de fazer isso, para não sacrificar a saúde das folhas e comprometer a durabilidade da planta.

Isso é importante para que sua casa esteja sempre bonita, além de garantir a saúde e a alegria das suas plantinhas. Esse texto foi originalmente desenvolvido pela equipe do blog Guia de Investimento, onde você pode encontrar centenas de conteúdos informativos sobre diversos segmentos.

Compartilhar
Publicado por
DecoracaoWEB
Tags: casa

Mais recentes

Como escolher a melhor manta microfibra

As mantas microfibra são essenciais para uma cama macia, aconchegante e prática. Até porque a microfibra tem propriedades isolantes e…

1 dia atrás

23 Ideias de Decoração Barata para Festa de Casamento

Se você está planejando um casamento, sabe que o mais difícil é quando o orçamento é apertado e temos que…

1 semana atrás

Como encontrar o melhor apartamento no Itaim Bibi?

O Itaim Bibi possui um dos maiores índices de valorização do metro quadrado nos últimos anos devido aos altos investimentos…

2 semanas atrás

Como abrir uma loja de roupas: veja o passo a passo!

Para você que está pensando em como abrir uma empresa deste ramo, saiba que para início de conversa, é importante…

2 semanas atrás

8 decorações adoráveis para festas de aniversário de crianças

Faça a festa de aniversário mais fofa com algumas decorações de festa de aniversário dessas crianças. Você encontrará ideias de…

2 semanas atrás

5 dicas simples de decoração para sua casa

A decoração da nossa casa é muito importante, ela não está lá apenas para atender necessidades, mas também para que…

2 semanas atrás