Reformar para vender o imóvel

A reforma é um investimento para não desvalorizar o imóvel na hora da venda.

Reformar para vender o imóvel: Se você está pensando em vender uma casa, a primeira coisa a se pensar é: em qual condição meu imóvel se encontra? Ele está novo e conservado, ou está bastante danificado pelo desgaste do tempo e da falta de manutenção?

É preciso bastante transparência na hora de negociar um imóvel, uma vez que tudo que estiver errado ou desgastado, pode desvalorizar muito, e o preço da venda não atender as expectativas do proprietário.

Por isso, mesmo que seja um custo a mais, é recomendado fazer uma reforma e colocar alguns detalhes em ordem para não sair no prejuízo. Vamos para alguns exemplos: olhe para fora e veja se o seu jardim está arrumado? A pintura da casa está danificada, sem vida? Ou então o piso, uma das coisas que mais chamam a atenção quando se entra em um imóvel.

É preciso pensar nesses detalhes antes de colocar o imóvel para venda, porque tudo isso pode alterar consideravelmente o valor final da negociação, e até mesmo inviabilizar uma venda. Quando o proprietário vende o seu imóvel, ele é responsável pelo que está entregando para o seu cliente. Por isso, mesmo que passe um mês, se a tubulação hidráulica estourar e causar um grande prejuízo, o vendedor pode ser responsabilizado pela falta de transparência das condições do imóvel vendido.

Mas no quesito reforma, separamos algumas dicas infalíveis para chamar a atenção dos clientes na hora da venda e valorizar o seu imóvel na negociação. Confira neste post como sair no lucro na hora de se desfazer do seu bem!

Os clientes estão sempre de olhos abertos

Os detalhes podem ser os responsáveis por fechar ou destruir um negócio. Por isso, se a decisão é por vender o seu imóvel, alguns itens merecem uma atenção especial, que podem fazer toda a diferença na negociação.

Se você está pensando em vender sua casa, por exemplo, não deixe que a falta de cuidados e manutenção seja um aspecto negativo, e que isso não atraia o seu cliente em potencial desde o princípio do negócio.

Para os moradores de imóveis antigos é comum inspecionar a casa rotineiramente para evitar problemas, porém, na hora da venda, alguns detalhes não podem passar batido para não virarem prejuízo. Olhar para o piso é um deles, o maior vilão na hora da negociação.

As condições do piso

Fazer a troca do piso pode ser um investimento bastante lucrativo para quem está pensando na negociação. A aparência da casa muda completamente, dando mais modernidade a aspecto de ser mais nova do que os anos de utilização que estão no papel.

Trocando o piso
Trocando o piso

A parte interna sempre merece brilho e facilidades para a limpeza, por isso a troca do revestimento ou até mesmo a utilização de tintas que possam promover a melhora das peças pode ser um diferencial.

Porém, alguns pisos são mais indicados nessas circunstâncias e vão valorizar o imóvel na precificação de venda.

Por exemplo, você entra em uma das casas para vender e se depara com um piso antigo de cerâmica. Mas o local é arborizado e no inverno, esta opção pode ser gelada demais. Isso pode ser um fator que acaba desvalorizando o imóvel.

Mas se você investe em um piso vinílico, que tem pode ser aplicado sobre o revestimento anterior e é mais durável, por exemplo, isso pode atrair o cliente. Os pisos com cimento queimado, ou impermeáveis e antideslizantes também estão em alta e não são tão caros. Isso pode fazer toda diferença na negociação!

Agora, para o lado de fora, não deixe o piso quebrado, manchado ou desgastado. Substitua por uma linha que seja de alto tráfego, que antiderrapante e que encha os olhos do cliente já desde o primeiro contato.

Pense nos tons e nas cores

Não adianta pintar uma demão de qualquer tinta que você tenha sobrando na garagem só para que a casa não fique com aspecto de mau cuidada. É preciso chamar a atenção do cliente já desde o primeiro contato. Por isso, já que vai reformar, não deixe de ousar e harmonizar nas cores.

Casa bem pintada
Casa bem pintada

A parte externa do imóvel merece uma impressão mais interessante, com a utilização de tons de cores em diversas partes para criar uma sensação agradável, de cuidado e tranquilidade para o novo morador. Ninguém compra uma casa só porque precisa, ele quer se sentir bem e confortável em seu próximo lar, por isso fecha o negócio.

Você pode ter um gasto com a tinta e mão de obra, mas com certeza terá uma venda mais lucrativa se a casa não estiver com aspecto de velha e inabitada. Quanto mais passar um ar de cuidado e manutenção, mais fácil será a negociação.

O jardim é a primeira impressão

Jardim bem cuidado
Jardim bem cuidado

Após o contato visual com o imóvel como um todo, do lado de fora do muro, o primeiro local dentro do terreno que o futuro morador se depara é o jardim. Por isso, tenha um cuidado bem especial com esse lugar da casa.

A grama bem cortada, as plantas devidamente molhadas e com vida, tudo isso vai fazer muita diferença na hora de agradar ao cliente. É diferente criar uma pequena selva planejada no jardim, do que deixar o mato crescer. Tudo isso pesa na hora de fechar um negócio.

Por isso, pense com cuidado em como dispor as coisas no seu quintal. Se houver lixos e entulhos, principalmente restos de material da obra, de o destino correto para não estragar o seu quintal.

Torne sua casa mais atrativa para o seu futuro morador e crie nele a expectativa de fechar o negócio. As pessoas só compram um imóvel se gostarem da localização, da estrutura e principalmente se estiverem se sentindo confortáveis e agradáveis no local. Pense nisso, e não venda a casa caindo os pedaços, que isso pode ser prejuízo na certa.

Gostou deste artigo sobre reformar para vender o imóvel e valorizar na hora da venda? Então aproveite para compartilhar esse texto com os seus amigos usando as suas redes sociais!

Compartilhar
Publicado por
DecoracaoWEB

Mais recentes

Como é calculada a taxa condominial?

Um condomínio tem uma série de gastos mensais e anuais que devem ser cumpridos para garantir o seu bom funcionamento…

2 dias atrás

Casa container: a tendência que veio para ficar

A arquitetura contemporânea trouxe inúmeras inovações, pois ela é marcada por influências distintas e contém um conjunto de aspectos e…

5 dias atrás

Madeira de demolição em seu lar: dicas e curiosidades

O fator da sustentabilidade está em voga. Não é para menos, com os últimos índices globais, cada vez fica mais…

3 semanas atrás

Como decorar um quarto de casal agradando ambos

Traga a batalha de design para um fim. Deixe-nos ajudar você e seu parceiro a criar um santuário para o qual…

1 mês atrás

Quem é responsável por consertos no imóvel alugado?

Lidar com um dano no imóvel alugado já gera uma dor de cabeça por si só. Resolver quem pagará pelo…

1 mês atrás

11 dicas de como decorar a sala com pouco dinheiro

Quem nunca passou por aqueles momentos em que olhou a sua volta e não gostou do que viu em sua…

2 meses atrás