Procurando o piso mais barato para a sua casa?

Quer reformar o piso e está procurando as opções mais baratas? Cuidado! Não adianta escolher os produtos de acabamento mais…

Quer reformar o piso e está procurando as opções mais baratas? Cuidado! Não adianta escolher os produtos de acabamento mais em conta, por exemplo, piso de porcelanato mais barato. O custo de uma reforma envolve vários fatores que precisam ser considerados…

Acompanhe as nossas dicas de como ter uma reforma de piso mais barata:

1.      O piso mais barato precisa ser pensado a partir do piso atual.

Um fator que vai impactar no custo da sua reforma é o atual estado do piso da sua casa, o que chamamos de preexistência. Dependendo do material, vale a pena restaurar o piso ao invés de trocar por outro. Por exemplo, piso de taco ou assoalho de madeira maciça podem ser lixados e envernizados para que fiquem como novos! É normalmente uma opção mais em conta, tanto pelo preço em si quanto pela rapidez com que esse serviço é feito.

Uma outra opção que pode baratear o custo de uma reforma de piso é a sobreposição de um piso novo sobre o antigo. Entretanto, um ponto que é pouco divulgado e que você deve ter atenção, é que isso só pode ser feito se o piso preexistente estiver bem nivelado, sem partes quebradas, ocas ou soltas. Se não, a economia que você teve ao sobrepor o piso será perdida quando ele começar a soltar…. Já pensou?

Em geral, pisos de porcelanato, cerâmica e cimento queimado são preexistências que podem receber outros pisos por cima, mas considere testar aplicativos gratuitos que fazem esse teste para você.

2. O piso mais barato é aquele que atende às suas necessidades.

Provavelmente você já viu pisos de porcelanato arranhados, manchados, rachados, com as bordas quebradas…. Essas deformidades indicam que o piso escolhido não atende às necessidades de uso daquele ambiente: ou não é resistente ao alto tráfego, ou ao risco, a cargas pesadas…

E isso não é só com porcelanatos, outros tipos de piso mal escolhidos também podem gerar grande insatisfação.Essa é uma das decisões mais importantes para quem quer uma reforma barata e sem dor de cabeça, porque não adianta comprar um piso barato se ele não é resistente o suficiente para as atividades praticadas dentro daquele ambiente.

Então, como resolver? Uma opção é pesquisar as indicações e os manuais técnicos em sites de fabricantes para conferir se o piso desejado atende às necessidades do ambiente. Caso ainda tenha dúvidas, envie um e-mail para a central de atendimento.

Mas já se deu conta da infinidade de opções e informações que precisa pesquisar e entender para decidir qual o melhor piso para sua casa levando em consideração se pode sobrepor ao seu preexistente?

A tecnologia veio para facilitar nossa vida e é isso que o aplicativo Pró-Reforma pretende resolver. Ele combina um banco de dados com manuais e boletins técnicos dos materiais, para só especificar para o usuário produtos adequados.

3. O piso mais barato é aquele que foi bem quantificado.

Então, você já escolheu o piso correto, já sabe se vai sobrepor ou substituir, mas quanto de piso comprar?

Hoje em dia é possível utilizar aplicativos inteligentes e gratuitos que fazem o cálculo preciso para você, como o Pró-Reforma, mas caso queira colocar a mão na massa, siga as nossas instruções:

·        Descubra a área do ambiente que você quer trocar o piso. Caso seja um retângulo, multiplique a largura do ambiente pelo comprimento. Exemplo: 3m x 5m = 15 m².

·        Descubra a área de uma placa do piso que você quer colocar, como uma placa de porcelanato ou uma régua de piso vinílico. Exemplo: um porcelanato que tem 30cm x 50cm. A conta que você deve fazer (em metros) é: 0,3m x 0,50m = 1,65m²

·        Agora divida a área total de piso do ambiente pela área de uma placa do piso. Assim: 15m² / 1,65m² = 9,09 placas de piso.

·        Aumente o valor encontrado em 10%, caso alguma quebre ou venha com defeito de fábrica, ou seja, multiplique a quantidade de placas encontradas por 1,1. Então: 9,09 x 1,1 = 9,999, que arredondamos para 10 peças.

·        Pronto!

Gostou de ler as nossas dicas?

Agora você já sabe que o piso mais barato é aquele que é escolhido considerando o seu piso preexistente, que atende às suas necessidades para aquele ambiente e que foi bem quantificado para não ter sobras desnecessárias.

Gostou destas dicas úteis para escolher o piso mais barato, considerando muito mais do que o preço do revestimento? Aproveite e compartilhe este post em suas redes sociais!

Compartilhar
Publicado por
DecoracaoWEB

Mais recentes

Qual importância de um arquiteto no projeto de móveis sob medida

Os móveis de alto padrão são uma realidade cada vez mais comum nas casas brasileiras, mas que ainda traz algumas…

1 semana atrás

Como decorar e harmonizar sua casa usando flores?

Flores. Elas têm o poder de mudar qualquer ambiente. Você costuma decorar a sua casa com flores? Não? Por quê?…

1 semana atrás

Piso Aquecido ou Ar quente: qual a melhor forma de aquecer o seu lar?

Naqueles dias frios de inverno, nada como ter um lar aconchegante e quentinho para repousar depois de um árduo dia…

3 semanas atrás

Millenials, saiba como decorar seu imóvel alugado

Alugar imóvel virou o novo estilo de vida da geração millenials. O sonho de financiar a casa própria passou a…

3 semanas atrás

Investimento no mercado financeiro: 7 mitos e verdades que você precisa saber

Está pensando em investir no mercado financeiro, mas não sabe por onde começar ou tem muitas dúvidas? Para te ajudar,…

2 meses atrás

Capa de almofada barata vale a pena?

Quando vemos opções mais em conta, seja na internet ou em lojas perto de casa, sempre ficamos tentadas a comprar,…

2 meses atrás