07 dicas de segurança para prédios comerciais

Com um grande movimento de pessoas, os prédios comerciais necessitam de segurança reforçada no dia a dia. Veja nossas dicas…

Com um grande movimento de pessoas, os prédios comerciais necessitam de segurança reforçada no dia a dia. Veja nossas dicas para manter a tranquilidade.

Se você pensa em alugar um novo escritório, é proprietário de um imóvel comercial ou síndico profissional, sabe que investir em segurança é essencial.

A instalação de sistemas integrados, a contratação de profissionais da área e os cuidados diários de condôminos e empregados devem ser itens obrigatórios para manter a tranquilidade de todos.

Pensando nisso, trouxemos algumas dicas de segurança para prédios comerciais, para facilitar o seu dia a dia. Boa leitura!

1) Gerenciamento de entradas e saídas

Um dos pontos principais na segurança de prédios comerciais é o controle das entradas e saídas. Infelizmente, ainda ocorrem muitos casos de assaltos em condomínios comerciais, devido a falta de cautela na recepção.

O treinamento dos profissionais de portaria deve ser constante, assim como a qualificação dos mesmos. O cadastro de condôminos e visitantes deve ser realizado diariamente. Para isso, já existem ferramentas que automatizam e facilitam a compilação dos dados.

O controle de entradas e saídas de garagens, mudanças e entregas de encomendas também deve ser feito com cuidado. Pessoas mal-intencionadas podem aproveitar de falhas na segurança para praticar ações criminosas. Nesse caso, funcionários e condôminos devem seguir as normas do local, para evitar situações de perigo.

2) Implantação de Portaria Remota junto à presencial

A boa notícia é que a portaria remota também é um serviço que se encaixa nos condomínios comerciais. A diferença para o serviço residencial, está em que a portaria virtual, nesses lugares, se adapta melhor no período noturno.

Durante o dia, quando há muito movimento, o controle de entradas e saídas pode ficar sob responsabilidade do porteiro presencial. Já a noite, quando há diminuição do movimento, a portaria remota entra em ação.

Esse serviço é chamado de portaria mista, que além de reforçar a segurança, traz economia para o orçamento do condomínio. Veja aqui como funciona a portaria remota e tire as suas principais dúvidas!

3) Treinamento contínuo dos profissionais

O porteiro é essencial para a segurança de prédios comerciais e deve estar preparado para atender a todos com presteza, porém, sem esquecer das normas do local.

Além dos porteiros presenciais, todos os outros profissionais do condomínio precisam ser constantemente treinados. Os colaboradores devem focar nas suas funções principais, sem deixar seu posto para realizar trabalhos que não fazem parte da sua rotina. Situações como esta podem trazer sérios riscos à segurança.

Assim como os porteiros, os zeladores, a equipe de limpeza e os vigias também precisam estar atentos e evitar repassar informações confidenciais do local e de condôminos.

4) Terceirização de serviços

Apostar na contratação de empresas terceirizadas, que ofereçam serviços de portaria, vigia e limpeza e conservação é uma boa opção para todos. A terceirização traz economia ao orçamento e proporciona equipes de funcionários qualificados e prontos para atender também o segmento comercial.

É importante lembrar que contratar uma empresa terceirizada exige alguns cuidados. Clique aqui e acesse um guia exclusivo para a contratação de terceirizadas.

5) Sistema de monitoramento 24 horas

Um sistema de monitoramento 24 horas é item obrigatório para a segurança de condomínios comerciais. A instalação de um sistema CFTV, com alarme monitorado, traz diversos benefícios.

As câmeras, por exemplo, só por estarem presentes, já atuam na inibição de pessoas mal-intencionadas: muitos marginais desistem de praticar crimes, por medo de serem identificados nos arquivos de imagem. Além disso, as câmeras de segurança ajudam no trabalho da Polícia, caso ocorram invasões ou assaltos.

Por isso, é fundamental contratar o serviço de monitoramento com empresas de segurança terceirizadas, com experiência de mercado. Instalações e serviços clandestinos, feitas por pessoas que não entendem do assunto, podem trazer muitos prejuízos e colocar em risco a vida de muitas pessoas.

Antes de realizar a instalação do monitoramento, a terceirizada vai até o local e analisa quais são os pontos mais vulneráveis, que precisam de reforço.

Então, colocam os aparelhos nos lugares onde há mais necessidade. Estas empresas também oferecem manutenção do sistema, o que pode trazer economia, evitar falhas e disparos acidentais.

6) Integração das pessoas nos processos de segurança

É importante que os funcionários do prédio comercial e os condôminos sejam avisados e instruídos quanto aos sistemas de segurança utilizados e dos processos implantados.

A administradora ou o síndico devem informar sobre esses procedimentos nas reuniões de condomínio e tirar todas as dúvidas que possam surgir. Afinal, a segurança é feita de serviços especializados, mas depende também da cooperação de todos que frequentam o local.

Se a guarda é feita por meio de uma empresa privada e aplicativos, todos devem estar cientes do seu funcionamento. Algumas empresas privadas oferecem aplicativos com a função “pânico”, por exemplo, que permite ao condômino ou funcionário, acionar a empresa de segurança em situações de risco. Estas e outras funcionalidades devem ser do conhecimento de todos.

7) Uso de novas tecnologias

Hoje, a segurança privada oferece muitas opções de serviços, com equipamentos e tecnologia avançada. Como citamos, os aplicativos para smartphones também são utilizados, em conjunto com sistemas de câmeras e alarmes.

Essa integração com a tecnologia, além de facilitar a comunicação entre as pessoas e os operadores da terceirizada, faz da segurança ainda mais eficiente.

Existem aplicativos exclusivos para condomínios, que auxiliam na gestão das administradoras, no trabalho dos síndicos profissionais, dos porteiros e também os condôminos. Clique aqui e veja como funciona esse serviço.

Se cada um fizer a sua parte, todos ficam mais tranquilos!

A segurança de um prédio comercial depende de bons sistemas, tecnologia, mas também da participação dos condôminos e funcionários. Se você tem um escritório no local, participe das reuniões de condomínio, fique por dentro das novas tecnologias implantadas e siga corretamente os processos de segurança acordados.

Se você é funcionário, procure aprender sobre os sistemas implantados, mantenha sempre a discrição e siga as boas normas de segurança. Nos dias de hoje, todo cuidado é pouco. Mas, se cada um fizer sua parte, todos são beneficiados!

Gostou do artigo? Deixe seu comentário no post e compartilhe!

Compartilhar
Publicado por
DecoracaoWEB

Mais recentes

A IMPORTÂNCIA DA GESTÃO DE MÍDIAS PARA DESIGNERS DE INTERIORES

Pode não parecer, mas estar presente nas redes sociais com uma boa equipe de gestão de mídias ao lado pode…

1 mês atrás

Precisa de dinheiro para arrumar sua casa para o inverno?

Você está precisando arrumar sua casa para a chegada do inverno, porém precisa de dinheiro para começar a reforma? A…

1 mês atrás

Como elaborar um orçamento para reforma?

Saber como elaborar um orçamento para reforma pode gerar muitas vantagens. Pronto para uma reforma na cozinha? Ansioso por uma…

2 meses atrás

Dicas para vender mais imóveis

Algumas dicas para vender mais imóveis pode ser fundamental para diversos corretores ou consultores que atuam na área. O interessante…

2 meses atrás

Vantagens de alugar um apartamento

Há muitas vantagens de alugar um apartamento! Às vezes ouvimos que é melhor ser proprietário do que alugar. Hoje, esse…

2 meses atrás

Ferramentas essenciais para jardineiros iniciantes

Quando você inicia uma horta na sua casa, mesmo pequena, você deve necessariamente se munir de ferramentas essenciais para jardineiros…

2 meses atrás