Ferramentas essenciais para jardineiros iniciantes

Quando você inicia uma horta na sua casa, mesmo pequena, você deve necessariamente se munir de ferramentas essenciais para jardineiros…

Quando você inicia uma horta na sua casa, mesmo pequena, você deve necessariamente se munir de ferramentas essenciais para jardineiros iniciantes para trabalhar a terra e manter as plantações! Mas o investimento a ser feito pode rapidamente ser um freio aos nossos desejos. Portanto, aqui está uma pequena lista de ferramentas de jardim essenciais para começar.

10 ferramentas essenciais para jardineiros iniciantes

São as principais dicas para aqueles que buscam se aprimorar no jardim. Essas ferramentas são fundamentais para a rotina de horteiros ou jardineiros!

1. Pá

A utilidade da pá diminuiu nos últimos anos. Com a moda da horta quadrada, dos montes ou da permacultura, não é mais necessário revolver o solo. Em vez disso, são usadas mais e mais coberturas permanentes, que mantêm um solo macio e arejado durante todo o ano.

A pá, que vem na versão garfo com pá mais adequada para trabalhar em solos secos e argilosos, continua sendo uma ferramenta básica para o jardineiro. É usado para plantar ou transplantar vegetais grandes, árvores frutíferas, frutas pequenas.

Também facilita o manuseio do solo, envasamento do solo e compostagem ao fazer correções.

2. Garra ou Garfo

Leve, prática, a pequena garra dotada de 3 dentes (é a mais prática de usar) serve para arejar o solo antes do plantio mas também depois, para passar entre os vegetais sem os danificar.

Ele pode, portanto, ser usado para soltar e preparar o solo a montante das plantações, assim como permite, na manutenção, quebrar torrões, quebrar a crosta seca e remover ervas daninhas suavemente entre as fileiras.

Os jardineiros mais talentosos vão além de suas funções iniciais. Esta garra é útil para mover os primeiros 5 a 10 centímetros do solo, para nivelar o solo solto, para fazer sulcos, capinar e muito mais.

3. Enxada

Esta ferramenta de lâmina de aço retangular é destaque nas ferramentas manuais de jardim. É preciso dizer que é uma das ferramentas favoritas dos jardineiros. A enxada, leve e prática, serve para quase tudo: para quebrar a crosta da terra, para arrancar ervas daninhas, para abrir sulcos para semear em fileiras, mas também para untar o feijão ou a batata.

Portanto, é tão essencial quanto a marca. Escolha-o com gola arredondada e cabo de madeira, mais flexível e confortável do que cabos de aço.

4. Pá do transplanter

É realmente o canivete suíço do jardineiro! Útil para todas as ocasiões, este modelo de pá de aço endurecido é a contrapartida da pá. É usado para plantar e transplantar todos os vegetais cultivados em vasos. Também permite cavar a terra, o composto, o solo para envasamento e misturá-los de forma rápida e eficaz.

5. Serfueta

A serfueta geralmente possui duas ferramentas em uma: de um lado, carrega uma espécie de picareta que termina em ponta (a língua) ou retangular (a enxada); do outro lado quase sempre tem um garfo com 2 ou 3 dentes.

Essas duas dicas conferem grande versatilidade. A língua facilita a abertura de sulcos e pode ser usada como minipicareta. A repartição acrescenta a esses usos os da enxada: é possível capinar, capinar, erguer cristas.

6. Ancinho

Existem muitos modelos! Se os dentes estiverem muito separados, as pequenas pedras ficam presas facilmente e o uso do ancinho torna-se bastante doloroso. Portanto, é necessário escolher o espaçamento mínimo!

Na horta, o ancinho é usado para quebrar os torrões e depois nivelar e nivelar o solo. Também é usado na época da semeadura para trazer de volta o solo às sementes mais finas (cenoura, pastinaca, alface-de-borrego, cerefólio tuberoso), mas também para compactar o solo após a semeadura.

A parte de trás do ancinho é então usada para “selar” o solo. Esse truque ancestral permite colocar as sementes em contato com o solo úmido, fazendo com que sua germinação seja mais rápida.

Como a serfueta, se a superfície de sua horta for grande, o ancinho será realmente útil. Caso contrário, a maior parte do tempo permanecerá armazenado no galpão do jardim. Preferimos cada vez mais a garra de 3 dentes que, com um pouco de prática, permite também equalizar a terra.

7. Tesouras de podar

Indispensáveis ​​para todos os pequenos tamanhos de arbustos e plantas com flores no jardim, as tesouras de podar são muito menos essenciais na horta.

Em vez disso, é melhor investir em uma faca dobrável com lâmina de aço inoxidável que permite colher alface, costelinha de acelga, folhas de espinafre e outros, sem danificar o resto da planta.

8. Regador

Indispensável para todo o abastecimento de água, da semeadura à colheita, o regador é inseparável do jardineiro. Em vez de um modelo de plástico que, com o tempo, tenderá a vazar nas juntas termosoldadas, é melhor investir em um regador de metal mais durável.

Seu formato permite regar as mudas na chuva para não afogá-las. A rega no pescoço permite levar a água ao nível do pé, sem molhar a folhagem, o que evita ao máximo o aparecimento de doenças!

9 e 10. Carrinho de mão e o saco de lixo verde

Essas duas ferramentas têm praticamente o mesmo papel na horta: permitem que todos os resíduos (restos de plantas, vegetais danificados, etc.) sejam removidos para o compostor, mas também, inversamente, para transportar aditivos (composto, esterco, terra etc).

O carrinho de mão é uma das ferramentas essenciais para jardineiros iniciantes, e realmente fundamental quando o jardim é grande. É a ferramenta mais pesada da nossa lista. Na cidade, e principalmente quando falta espaço na varanda, você pode passar sem ela. Um saco de lixo dobrável é suficiente para cumprir sua função.

Compartilhar
Publicado por
DecoracaoWEB

Mais recentes

9 Incríveis Dicas Para Organizar Melhor Sua Casa

Organizar sua casa e espaço oferece mais controle sobre o ambiente. Essa limpeza pode ajudá-lo a reduzir o estresse, focar…

14 horas atrás

Decoração de cozinha com ilha: Saiba aqui as 5 melhores ideias para deixar a sua cozinha incrível

A decoração de cozinha com ilha traz praticidade, funcionalidade e estética para o ambiente, tornando o local mais convidativo para…

1 mês atrás

O novo normal das casas pós-pandemia

Confira as principais tendências na estrutura e na decoração das casas depois do impacto que a pandemia de Covid-19 causou…

1 mês atrás

­A importância de ter um sistema automatizado na gestão Imobiliária.

O setor imobiliário está crescendo consideravelmente no Brasil, mesmo durante a crise econômica do país, é visível como o setor…

2 meses atrás

Sinta-se em casa. Busca visual e compra fácil de móveis

Cada um de nós tem uma visão, idéias e inspirações únicas para nossa casa. Encontrar uma loja virtual com um…

2 meses atrás

7 Dicas Para Decorar Sua Cozinha

Para muitas pessoas, a cozinha é certamente o lugar preferido da casa. É ali que costumam acontecer as reuniões de…

3 meses atrás